É mais vantajoso vender ou refinanciar um veículo? Descubra!

É mais vantajoso vender ou refinanciar um veículo? Descubra!

vender ou refinanciar um veículo

Vender ou refinanciar um veículo? Essa é uma dúvida muito comum entre a maioria dos endividados. Em um momento de crise financeira, surgem diversos anúncios de pessoas que querer vender seu carro financiado ou outro bem para pagar as dívidas. No entanto, existem diversas opções de empréstimos que ajudam a driblar essa situação sem que haja necessidade de se desfazer do bem.

Refinanciar o carro é uma alternativa que pode ser bastante útil em casos de emergência, uma vez que as taxas de juros costumam ser menores quando comparadas com outros tipos de empréstimo pessoal. Isso acontece porque a instituição financeira tem o veículo como garantia real do pagamento da dívida, diminuindo assim os riscos para quem empresta.

Mas, afinal, vender ou refinanciar? Continue a leitura deste post e descubra o que é mais vantajoso para você.

O que é e como funciona o refinanciamento de veículo?

O refinanciamento de veículo é uma modalidade de empréstimo concedida pelas instituições financeiras em que o indivíduo oferece o automóvel como garantia do pagamento das prestações. Essa garantia faz com que a liberação do dinheiro seja simples e rápida, além de possibilitar melhores condições de pagamento.

Entretanto, o banco emite um documento bloqueando a venda do veículo, ou seja, o carro fica alienado, mas o indivíduo continua tendo a posse do mesmo. Caso o proprietário atrase ou não pague as parcelas do financiamento, o banco tem o direito de ficar com o automóvel como forma de pagamento. Após a quitação total da dívida, o carro é desalienado.

Além disso, é importante ressaltar que a quantia emprestada pelo banco pode variar de 70% a até 90% do preço do veículo. Em situações em que o carro ainda está financiado, o crédito é concedido com base no somatório do valor das parcelas quitadas. No entanto, quando o mesmo já foi quitado, geralmente, é considerado o preço disponível na tabela FIPE.

Quais são as principais vantagens que o refinanciamento oferece?

Para aqueles que necessitam levantar certa quantia em dinheiro para suprir alguma emergência ou pagar uma dívida, refinanciar o carro pode ser uma ótima opção para obter crédito mais barato. Contudo, ao optar por um empréstimo, é importante analisar bem suas contas para não gerar transtornos futuros.

O refinanciamento oferece diversas vantagens, como melhores condições de pagamento, simplicidade no processo, entre outras. Isso faz com que várias pessoas escolham o refinanciamento ao invés da venda. No entanto, o que realmente é mais vantajoso, vender ou refinanciar um veículo?

Maior prazo para pagar

A modalidade de refinanciamento apresenta condições bem diferentes dos empréstimos convencionais. Logo, ao solicitar essa linha de crédito, o cliente tem até 48 meses para fazer o pagamento, o que a torna bastante atraente.

Além disso, o valor da taxa de juros não sofre muitas alterações, como ocorre em outras modalidades que disponibilizam maior prazo para pagar, visto que as parcelas são definidas no ato da contratação.

Taxas mais baixas

Outra vantagem que tem chamado atenção de muitos indivíduos é aquela que contempla taxas de juros mais baixas. O empréstimo que utiliza o seu automóvel como garantia apresenta as menores taxas do mercado exatamente por conta da segurança do pagamento. Sendo assim, ao optar por refinanciar o veículo, os juros cobrados para realizar tal transação ficam em torno de 1,7% ao mês.

No entanto, para realizar um bom negócio, é fundamental reavaliar o valor da taxa cobrada, pois apesar dos juros serem os mais baixos, eles continuam altos quando comparados a outras linhas de créditos existentes, chegando a mais de 55% ao ano.

Reorganização das contas

Com tantos boletos para pagar ao longo do mês, nem sempre é fácil manter as finanças na linha. Estar endividado tira o sono de qualquer pessoa. Com isso, o primeiro pensamento que vem à mente é a necessidade de vender o carro. Nesse momento, porém, é fundamental reorganizar as contas de modo a não resultar em mais débitos.

Nesse caso, recorrer ao refinanciamento de veículo para pagar dívidas pode ser uma ótima solução para retomar o fôlego das finanças — desde que escolhido com cautela. Caso contrário, além de contrair uma nova dívida, você ainda corre o risco de perder o carro para o banco.

Empréstimo para negativados

Para aqueles que estão negativados, conseguir obter crédito e limpar o nome não é uma tarefa fácil! No entanto, ao solicitar o refinanciamento, o indivíduo não encontra nenhuma dificuldade, de modo que se a pessoa tiver um veículo para colocar como garantia, ela pode conseguir pedir um empréstimo normalmente.

O processo de refinanciamento de veículos para quem está negativado acontece de maneira similar ao procedimento comum. Logo, para que ocorra a liberação do dinheiro, é necessário apresentar uma série de documentos, incluindo comprovação de renda.

Simplicidade no procedimento

Como já mencionado anteriormente, o processo de refinanciamento é rápido e simples, principalmente se a solicitação for feita online. Dessa forma, antes de realizar a solicitação, é possível fazer uma simulação de crédito para então escolher aquele que mais se adéqua às suas necessidades financeiras.

Em seguida, a instituição financeira requer uma série de documentos que precisam ser apresentados o mais rápido possível. Após a aprovação do crédito, o carro deve passar por uma análise e assim comprovar seu valor de mercado. Por último, o dinheiro é transferido para a conta do cliente.

Atraindo cada vez mais pessoas, o refinanciamento de veículo é uma ótima alternativa para aqueles que precisam de dinheiro rápido. Seja para quitar pequenas dívidas ou para suprir uma emergência, é indispensável buscar por empresas sérias e especializadas nesse tipo de empréstimo. Um bom exemplo que podemos citar é a Quero Financiar, a qual oferece empréstimo online com maior segurança e comodidade.

Decidir entre vender ou refinanciar um veículo não é algo simples. É preciso analisar diversos fatores que podem impactar diretamente a sua vida financeira. Diante disso, o refinanciamento é uma boa opção para pagar as dívidas — desde que seja utilizado com planejamento, evitando assim futuros problemas financeiros.

E então, gostou deste post? Aproveite e solicite agora o seu empréstimo com garantia de veículo!

2 Comentários

Deixe um comentário

Leia também:

  • Empréstimo ou financiamento: quais as diferenças e como escolher?

    Diferentes problemas pedem por soluções que se adequem à situação apresentada. Com o empréstimo e o financiamento não poderia ser diferente. Apesar de parecerem similares, são praticamente opostos. A principal diferença entre financiamento e empréstimo está na finalidade. Além disso, outras características distinguem as duas linhas de crédito e as tornam igualmente úteis e adequadas

    29 de janeiro de 2023
  • Por que você não deve recorrer ao um agiota?

    Agiota é uma pessoa que empresta dinheiro com juros e taxas muito altas, geralmente à pessoas que não têm acesso a outras formas de crédito, como bancos ou financeiras. O termo é comumente usado em países da América Latina, especialmente no Brasil, onde é uma prática comum. Os agiotas geralmente operam informalmente, sem seguir regulamentações

    10 de março de 2023
  • Como fazer um empréstimo para negociar as dívidas

    É cada vez mais fácil de cair em uma armadilha de dívidas e muitas vezes é difícil encontrar uma saída. Uma forma de sair da dívida é negociar suas dívidas com o credor. Uma maneira de negociar suas dívidas é com um empréstimo. Ele pode ser usado para pagar as dívidas atuais e para ajudar a

    2 de abril de 2023

juros mais baratos

Quer um empréstimo?

Use seu veículo em garantia e consiga as menores taxas, com os maiores prazos.