Refinanciamento de veículos: como funciona e como conseguir?

Refinanciamento de veículos: como funciona e como conseguir?

Administrar o orçamento mensal é um grande desafio e quando as contas começam a atrasar, essa tarefa se torna ainda mais complicada. Uma boa opção para contornar o aperto financeiro é fazer um refinanciamento de veículos com condições e prazos mais atraentes.

O refinanciamento de veículos é uma alternativa vantajosa e deve ser considerada. As instituições financeiras costumam praticar taxas competitivas e viáveis ao bolso do cliente, já que esse empréstimo exige um bem como garantia.

Por isso, se você está passando por dificuldades financeiras e tem um automóvel em seu nome, não se desespere! O refinanciamento de veículos pode ser a solução para que você consiga um crédito rápido e descomplicado.

Para saber tudo sobre esta modalidade, também conhecida como empréstimo com veículo em garantia, siga a leitura deste post e tire suas dúvidas!

O que é refinanciamento de veículos?

O refinanciamento de veículos é uma modalidade de empréstimo com garantia, sendo um dos empréstimos com as taxas mais baixas do mercado. Você coloca o seu veículo à disposição do banco e, enquanto durar o contrato, seu veículo fica alienado à instituição financeira, mas a posse continuará sendo sua. Além disso, é uma operação muito simples de se fazer e com pouca burocracia.

Quando todas as parcelas da dívida estiverem quitadas, o carro passará a ser seu em definitivo. Por outro lado, se você não pagar o que deve, a propriedade do bem será do banco.

Linhas de empréstimo com garantia costumam ter juros mais baixos do que outras categorias oferecidas no mercado. A lógica é simples: a instituição que lhe deu o crédito não ficará em total prejuízo caso você seja inadimplente — pegará o bem para suprir o débito.

Como funciona essa modalidade de crédito?

O processo de obtenção do crédito pelo refinanciamento de veículos funciona de forma simples. Ao buscar uma instituição que opere com esse tipo de empréstimo, os seus dados e os dados do seu automóvel serão recebidos e analisados.

Em geral, as instituições financeiras liberam o crédito no refinanciamento de veículos tendo como base o montante já quitado das parcelas do automóvel e o seu valor de mercado. Algumas financeiras apenas liberam refinanciamentos tendo como garantia automóveis 100% quitados.

O valor concedido no refinanciamento pode chegar a 90% do valor do automóvel, dependendo da instituição. Se o carro ainda não está quitado, esse percentual vai incidir sobre a quantia que já foi paga.

Atendidos todos os requisitos, o proprietário alcançará as seguintes condições para o empréstimo:

  • crédito de até 90% do valor do automóvel;
  • prazo médio de pagamento de até 60 meses;
  • menor taxa de juros dentre todas as modalidades de empréstimo.

Vamos detalhar melhor os benefícios e as condições de obtenção e pagamento do refinanciamento de veículos, mas já deu para notar que, para quem está enfrentando dificuldade financeira e quer trocar uma dívida mais cara por uma mais barata, essa é uma grande oportunidade.

Mesmo sendo uma modalidade de crédito tão atrativa, não se pode desconsiderar que há um risco atrelado a ela. O devedor que ficar inadimplente poderá perder o seu patrimônio. Por isso, é fundamental avaliar as suas necessidades e fazer um bom planejamento para só então solicitar o refinanciamento do veículo.

Dessa forma, você obtém um crédito consciente e saudável, contando, ainda, com as melhores condições do mercado.

Entretanto, vários fatores influenciam a liberação do crédito. Um dos principais é o seu score, ou seja, a sua pontuação como bom ou mau pagador junto às instituições de proteção ao crédito.

Outra variável que será levada em conta é o ano de fabricação e tempo de uso do automóvel. É comum que carros com mais de 15 anos de fabricação não sejam aceitos nesses empréstimos.

Qual é a melhor forma de se programar para o refinanciamento de veículos?

Se você identificou o refinanciamento de veículos como a melhor opção de empréstimo, é o momento de fazer uma avaliação sobre o seu orçamento e se programar para a obtenção do crédito. Essa etapa é muito importante para alinhar os seus projetos às melhores condições do mercado sem comprometer as finanças.

Comece colocando os seus projetos no papel. Se você está buscando crédito, tem algum propósito para ele.

Se o valor emprestado é necessário para diminuir o peso das dívidas no seu orçamento, você está buscando uma forma de trocar dívidas mais caras por uma mais barata. O refinanciamento de veículos é uma das melhores opções que você vai encontrar, por exemplo, se está endividado excessivamente com cartão de crédito e cheque especial.

Como vimos, o empréstimo com garantia tem as menores taxas de juros. Dessa forma, é possível quitar dívidas elevadas para ficar com um único crédito a pagar, sobre o qual incidirá menor taxa de juros. Assim, vale a pena calcular o quanto você atualmente compromete do orçamento com o pagamento de dívidas. Se for mais de uma fonte de endividamento, por exemplo, empréstimo bancário mais cartão de crédito, some as parcelas mensais para ter uma noção exata dos valores pagos.

O refinanciamento como instrumento para iniciar seu próprio negócio

Outra opção que leva muitas pessoas a procurarem empréstimos é a necessidade de crédito para iniciar um negócio. Essa é uma forma de acessar recursos financeiros com a perspectiva de alcançar ganhos maiores no futuro. Ou seja, na prática, o retorno sobre o investimento feito servirá para quitar o empréstimo.

Se esse é o seu caso, vale a pena, antes de mais nada, fazer um plano de negócios, observando todas as condições do mercado em que você pretende atuar, equipamentos e insumos necessários para iniciar o empreendimento, formação de preços competitivos, perspectiva quanto ao ponto de equilíbrio e outros indicadores fundamentais para que o seu projeto seja viável e lucrativo.

Enfim, há muitas razões que levam as pessoas a buscarem o crédito. Qual é a sua e como o dinheiro emprestado pode ajudar? Essa reflexão é o primeiro passo para a preparação. Depois disso, você precisa verificar como está o seu orçamento e se há espaço para endividamento.

O ideal é que as suas dívidas não comprometam mais do que 30% da sua renda. No entanto, é preciso verificar se o restante dos seus ganhos é suficiente para manter o seu padrão de vida sem sufoco. Ou seja, com 70% da sua remuneração é possível bancar os gastos com alimentação, moradia e outros? Se a resposta for não, você deve reduzir o percentual de endividamento para não criar um problema para si mesmo porque, do contrário, em pouco tempo estará no vermelho.

Iniciando seu refinanciamento

Se o refinanciamento de veículos cabe no seu bolso e atende às suas necessidades, é hora de avaliar as condições do seu automóvel e se as dívidas e os documentos relativos a ele estão em dia. Quanto mais novo, quitado e conservado ele estiver, melhor. Lembre-se de que o valor do empréstimo será de até 80% do valor atual de venda do bem e não do valor pelo qual ele foi adquirido.

Com tudo isso apurado, faça simulações para verificar se é possível chegar ao valor que você deseja pegar de empréstimo e quais serão as condições de pagamento de acordo com o seu perfil. Procure checar as taxas cobradas, os prazos de pagamento e tente simular o seu refinanciamento.

Tudo certo? O refinanciamento de veículos atende às suas necessidades, cabe no seu bolso e oferece condições interessantes? Parabéns, você já pode usufruir de um crédito consciente que vai ajudar a aliviar as finanças ou realizar sonhos.

No entanto, comprometa-se com essa obrigação. Reserve dinheiro todos os meses para pagar rigorosamente os parcelamentos. De preferência, guarde um pouco mais do que o necessário. Assim, você consegue antecipar parcelas e pagar ainda menos juros.

Tome nota dos processos que precisa seguir para que o empréstimo não vire uma dor de cabeça:

  • elenque as suas necessidades;
  • avalie a sua renda e a capacidade de endividamento;
  • verifique as condições do seu automóvel e a documentação;
  • faça simulações;
  • reserve parte dos seus ganhos;
  • seja rigoroso com os pagamentos;
  • antecipe as parcelas.

O que é necessário para conseguir um refinanciamento de veículos?

Se o seu veículo ainda não foi 100% quitado, o primeiro passo para conseguir o refinanciamento deve ser procurar a instituição financeira com a qual você contratou para fazer o parcelamento do automóvel.

Será preciso levantar as condições do contrato, o saldo devedor e se o veículo é objeto de algum outro tipo de financiamento como leasing ou consórcio.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e com as normas de financiamento do Banco Central, a financeira é obrigada a fornecer todas as informações do empréstimo ao devedor e fazer um desconto de juros e multa, caso ele decida pagar alguma parcela antecipadamente.

Com esses dados em mãos, você poderá procurar a instituição financeira com a qual quer contratar o refinanciamento para que ela realize a análise de crédito.

Se o seu veículo já for quitado, você poderá solicitar seu refinanciamento de veículo a qualquer momento. Você pode solicitar seu empréstimo online diretamente de nosso site clicando aqui. Temos parceria com diversas instituições financeiras, facilitando o acesso ao crédito para você com as menores taxas do mercado.

Para fazer a análise e aprovação do crédito, serão exigidos os seguintes documentos:

1.RG ou CNH constando CPF
2.Comprovante de residência
3.Comprovante de rendimentos
4.Documentos do Veículo e Certificado de Registro do Veículo (CRV)

Como o carro será avaliado?

No Brasil, o padrão na avaliação de carros quanto ao valor de revenda é a tabela Fipe ou Molicar, que poderá ser utilizada pela instituição credora para definição do preço atual do seu automóvel.

É importante observar que a tabela Fipe se baseia no valor médio dos modelos de acordo com o ano de fabricação. Dessa forma, é possível que haja variação no preço estabelecido em função das condições de conservação e dívidas.

Isso quer dizer que a avaliação do seu carro vai considerar uma série de fatores, sendo possível até que a instituição financeira faça uma avaliação própria, o que pode reduzir ou elevar o valor considerado para o refinanciamento.

É possível fazer o refinanciamento de veículos com restrição no nome?

Via de regra, não. Para que você possa fazer o refinanciamento, você precisa estar em dia com suas dívidas e não pode ter o nome sujo.

Em alguns casos, é possível fazer a quitação da dívida para fazer o refinanciamento, porém se sua dívida for de muito longo prazo, provavelmente seu score de crédito esteja com a pontuação baixa, e neste caso, simplesmente limpar o nome pode não aprovar seu crédito.

O score de crédito é avaliado no refinanciamento de veículo?

Sim, é avaliado. Caso seu score esteja com a pontuação baixa, será necessário melhorar a pontuação para conseguir a aprovação. Ou seja, no refinanciamento assim como na maior parte das modalidades de crédito, a análise de crédito se utiliza basicamente dos mesmos critérios. Não quer dizer que, por você estar colocando seu veículo em garantia, lhe dá aprovação garantida do crédito, isso porque não é interesse do banco tomar o seu bem. Porém, ao colocar seu veículo em garantia, você terá acesso a taxas muito mais baratas e prazos muito mais acessíveis que a maior parte dos empréstimos pessoais existentes.

Procure entender melhor sobre score de crédito e como melhorar sua pontuação.

Quais são as vantagens?

Ainda está na dúvida se vale a pena contratar um refinanciamento de veículos? Confira 4 bons motivos pelos quais esse tipo de empréstimo ganha disparado de outros disponíveis no mercado!

1. Juros baixos

O principal atrativo do refinanciamento de veículos é, sem dúvidas, juros mais baixos do que em outros empréstimos. Como comentamos acima, o automóvel fica para o banco caso o devedor se torne inadimplente.

Com essa medida de “segurança”, os bancos conseguem oferecer juros menores do que se o cliente fosse contratar um empréstimo pessoal, por exemplo.

A título de comparação, enquanto o cartão de crédito e o cheque especial costumam ter taxas médias de 9% e 12% ao mês, é possível obter um refinanciamento com juros a partir de 1,28% ao mês.

É importante lembrar que as taxas dependerão do modelo, ano do carro e se ele está quitado ou não.

2. Maior prazo para pagar

Outro grande bônus do refinanciamento de veículo é o prazo amplo e flexível que as instituições financeiras conseguem oferecer ao cliente para quitar a dívida.

O Banco Central autoriza que o prazo seja de até 60 meses. Mais uma vez, esse prazo máximo varia de acordo com a instituição financeira que você escolher para fazer o refinanciamento, mas a maioria delas oferecem entre 48 e 60 meses para pagar.

O prazo de até 4 ou 5 anos é um grande aliado para que você coloque as contas em dia e reorganize as suas finanças pessoais!

3. Veículo em seu nome

No refinanciamento de veículos, o seu carro será alienado ao banco com o qual você contratou. Essa situação ocorrerá até que você quite o que deve. Isso significa que, caso você não pague a dívida, o automóvel ficará na posse e propriedade do credor e levado a leilão.

A vantagem aqui é que os documentos do automóvel continuarão em seu nome, diferente do que ocorre nos contratos de leasing, por exemplo. Outra grande vantagem é a possibilidade de ganhar desconto nos juros caso você planeje quitar seu empréstimo com garantia antes do vencimento.

4. Flexibilidade para usar o dinheiro como quiser

A flexibilidade em gastar o dinheiro obtido com o refinanciamento de veículo é uma grande vantagem. Na hora de contratar seu refinanciamento com a Quero Financiar, por exemplo, não é preciso comprovar a finalidade do dinheiro.

Assim, essa opção é ideal para quem quer viajar, reformar a casa, abrir o próprio negócio ou pagar dívidas mais caras e emergenciais. Você terá total liberdade para empregar o dinheiro da forma que melhor se adequar às suas necessidades.

O refinanciamento de veículos é uma excelente opção para quem está precisando de dinheiro com certa urgência a juros mais baixos, mas como todo empréstimo, exige planejamento financeiro e atenção às condições oferecidas. Por isso, evite comprometer seu orçamento mensal com parcelas que você não conseguirá pagar para não ter qualquer tipo de problemas futuros.

5. Você pode solicitar seu refinanciamento de veículo de qualquer lugar

Aqui na Quero Financiar trazemos a facilidade para você solicitar seu empréstimo de qualquer lugar do Brasil. Nossa parceria com diversas instituições financeiras permite que você faça sua solicitação de empréstimo online. Além disso, conseguimos condições atrativas com taxas e prazos super confortáveis.

Peça agora mesmo seu refinanciamento de veículo aqui!

Aqui na Quero Financiar você solicita seu refinanciamento de forma rápida e online, com conforte e segurança. É só clicar abaixo e fazer sua solicitação sem compromisso 🙂

Deixe um comentário

Leia também:

  • Onde é fácil pegar um empréstimo?

    Você está procurando um empréstimo sem burocracia? Quer saber onde conseguir um empréstimo com facilidade? Então, pode continuar por aqui. Nesse artigo você vai descobrir como ter acesso a um crédito fácil. Não é novidade dizer que os empréstimos são uma ótima forma de obter capital para investimentos. No entanto, o que está faltando é

    3 de março de 2023
  • Serasa: como pagar suas dívidas mais rápido?

    Para pagar suas dívidas mais rápido, é importante ter um plano de pagamento bem definido. É importante priorizar as dívidas mais caras e os juros mais altos primeiro. Neste artigo, você vai ver um pouco mais sobre esse assunto! O que é o Serasa? O Serasa é uma empresa brasileira de análise de crédito que

    29 de março de 2023
  • Conheça os tipos de empréstimo consignado

    O empréstimo consignado não é o vilão das finanças como muitas pessoas pensam. Assim como qualquer prática, a solicitação de um crédito deve ser analisada de acordo com o tipo e condições. Dessa forma, ele se torna uma saída para não se enrolar em dívidas ou realizar um sonho. Para isso, existem diversos tipos de empréstimo consignado que

    16 de fevereiro de 2023

juros mais baratos

Quer um empréstimo?

Use seu veículo em garantia e consiga as menores taxas, com os maiores prazos.